MASTIPLUS INTRAMAMÁRIA

MASTIPLUS INTRAMAMÁRIA é uma pomada antifúngica, antibacteriana e com alto poder de difusão  (tripla ação), indicada para cura das mastites clínicas (agudas e crônicas). Com seu alto poder germicida de amplo espectro e de difusão, atua alcançando todas as áreas agredidas do quarto afetado eliminando a mastite clínica.  

 

Tripla ação, pelo seu alto poder germicida e de difusão 
  no combate às mastites clínicas (agudas e crônicas).

 

Caracterizada como inflamação da glândula mamária, a mastite é a doença que traz maiores prejuízos para a produção leiteira em todo o mundo. As perdas econômicas resultam na redução da produção de leite, descarte prematuro de animais, descarte de leite, gastos com tratamento e assistência veterinária e a diminuição da qualidade do leite. A maioria das vezes é causada por bactérias que atingem o interior de um ou mais quartos pelo ducto dos tetos. 

A mastite é, geralmente, classificada em duas categorias:

1- Mastite subclínica: não são observadas mudanças na aparência do leite. Necessário realizar testes adicionais, como CMT, para detectar o problema.

2- Mastite clínica: a infecção do úbere torna-se evidenciada pelas mudanças físicas na aparência do leite e do úbere e, em casos mais graves, observam-se alterações sistêmicas. A mastite clínica é classificada em três subtipos.
a. Clínica leve: observam-se apenas grumos no leite.

b. Clínica moderada: observam-se grumos no leite e o quarto mamário está inchado;

c. Clínica aguda: observa-se leite aguado, úbere inchado e alterações sistêmicas.
Este texto irá focar na mastite clínica aguda, também conhecida como mastite ambiental aguda ou mastite clínica grau 3.


CADA SERINGA CONTÉM:

 

 

Neomicina Sulfato         

                                            300 mg

Nistatina

                                      100.000 UI

Clorobutanol

                                               50 mg

Veículo q.s.p

                                                  10 g

 

Modo de uso:
Lavar o úbere e os tetos cuidadosamente com água e sabão. Enxugar com papel toalha descartável e desinfetar o teto com desinfetante usual. Esgotar o máximo, ordenhando a fundo o quarto afetado para a completa eliminação de pus, matéria em decomposição e leite residual. Introduzir a cânula no canal do teto e injetar o conteúdo de 10 mg da seringa. Após proceder a massagem no teto, de baixo para cima, massagear na sequência o úbere pressionando para cima, para maior difusão do produto.

O tratamento deve ser repetido por 3 dias consecutivos ou a critério do Técnico responsável pelos animais.


Importante:

O exame bacteriológico do leite constitui a melhor evidência de que a mastite foi realmente curada. Este exame deve ser realizado aproximadamente 20 dias após o último tratamento.
 

Prazo de validade:

24 meses após a data da fabricação
 

Apresentação:

Caixas de Display contendo 72 seringas de 10g.


VALORES DE FRETE E PEDIDOS PELO TELEFONE: 
0800 703 3533 ou pelo WhatsApp: 16 99638-8031  

 


Produtos